domingo, 16 de outubro de 2016

Agora somos CascaisWP!

Para esta época de 2016/2017 mudámos o nosso blog para:


Podem continuar a acompanhar todoas as nossas novidades neste novo endereço.

Esperamos por todos!

Muito obrigado.


quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Convocatória Selecção Nacional Masculina

A FPN, no seguimento do Plano de Alto Rendimento e Seleções Nacionais de Pólo Aquático 2016, convocou diversos atletas para uma concentração, a realizar em Recarei, nos dias 17 e 18 de Setembro de 2016.

Dentro do grupo de atletas convocados para estes trabalhos o CascaisWP orgulha-se de anunciar a convocatória do seu atleta Manuel Maria Augusto.




O Manuel, nascido em 1999, é presença habitual em estágios das seleções U17 e foi recentemente nomeado capitão da Selecção nacional U18 que disputou um torneio internacional em Barcelona.


Nesta época, que agora começa, irá integrar o seu primeiro estágio com a Selecção Nacional da categoria de absolutos masculinos.




Um prémio mais que merecido para o nosso atleta pela sua enorme dedicação a este desporto, a sua grande capacidade técnica bem como pelo seu elevado espirito de trabalho e sacrifício.

Com o trabalho desenvolvido na formação do CascaisWP e altamente comprovado com o desempenho de vários atletas do clube no torneio U18 em Barcelona estamos em crer que num futuro próximo mais atletas do nosso clube sigam os passos do Manuel.

Parabéns Manuel! É justa e merecida esta convocatória.

Bons treinos.

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Portugal no Barcelona Turbo Cup

Portugal participou entre os dias 9 e 11 de Setembro num torneio de polo aquático organizado pela BIWPA - Barcelona Waterpolo Internacional Academy, o 1st Barcelona Turbo Cup U18.
A presença da nossa selecção neste torneio serviu para começar a preparar a fase de apuramento para o campeonato Europeu de sub-17 que se vai realizar em Maio de 2017.

Com um conjunto de 15 jogadores, oito deles do CascaisWP, a nossa selecção teve antes deste torneio duas concentrações em Évora para estágios mais completos onde o trabalho foi intenso mas que segundo as palavras do nosso selecionador todos os atletas demonstraram uma grande entrega.
O nosso primeiro jogo neste torneio foi contra a equipa italiana do Verona.
Apesar deste nosso primeiro adversário ser oriundo de um país com elevado nível de polo aquático a nossa equipa entrou muito bem no jogo e venceu os três primeiros parciais tendo depois empatado o quarto. Sempre por cima no jogo e sempre a controlar o mesmo, os italianos não tiveram nenhum momento do jogo em que conseguissem discutir o resultado. Vencemos este jogo por 15 a 6 com os seguintes parciais: 3-1; 6- 0; 4-3 e 2-2.
De salientar que dos 15 golos marcados pela nossa equipa, 14 deles foram obtidos pelos seguintes atletas do CascaisWP: Manuel Augusto (8); Gonçalo Lousa (3) e  Duarte Grego (3).
 
O segundo jogo opôs a nossa selecção à equipa catalã do CN Sant Feliu. Este adversário era mais forte que o anterior. Uma equipa muito bem organizada mas, mesmo assim, discutimos o resultado até ao final. Ao intervalo estávamos mesmo empatados a 4 golos com os espanhóis. Nos dois parciais finais o adversário foi mais forte e conseguiu vencer a nossa equipa ficando o resultado final em 5 a 8.
Os parciais deste jogo foram: 2-3; 1-0; 1-2 e 1-3.
Apesar da derrota a nossa prestação foi bastante boa e os nossos jogadores só tinham que estar orgulhosos da sua prestação. A vitória dos Espanhóis foi conseguida com pequenos detalhes e uma maior experiência neste tipo de eventos comparativamente à nossa equipa.
Neste jogo todos os golos de Portugal foram pelos seguintes atletas do CascaisWP: Manuel Augusto (1); Duarte Grego (2); Pedro Borges (1) e Tiago Gomes (1).
Para o nosso terceiro jogo tínhamos como adversário a equipa húngara do Ferencvaros TC. Esta era a equipa mais forte do nosso grupo (1ª classificada na fase de grupos) bem como, se veio a perceber, a melhor equipa do torneio e vencedora do mesmo.
Uma equipa com muito polo aquático, muita técnica e um porte atlético muito elevado. Mesmo perante todos estes atributos fizemos um primeiro parcial excelente tendo o mesmo terminado empatado a dois golos. Nos parciais seguintes a superioridade da equipa húngara foi evidente tendo controlado muito bem o jogo.
Perdemos este jogo por 8 a 21. Os parciais foram: 2-2; 2-9; 1-5 e 3-5.
Neste jogo 7 dos 8 golos marcados pela nossa selecção foram da autoria dos seguintes atletas do CascaisWP: Manuel Augusto (4) e Duarte Grego (3).
Com o terceiro lugar obtido na fase de grupos Portugal disputou na fase seguinte um lugar no grupo do 9º ao 12º lugar.
O primeiro jogo desta segunda fase foi contra os alemães do SSV Esslingen, uma equipa forte e com atletas de um porte atlético mais uma vez bastante superior a Portugal. Os alemães entraram melhor na partida mas a nossa equipa nunca baixou os braços e demonstrou um espirito de grupo fora do normal para uma equipa com tão pouco tempo de jogo junto.
Assistimos a um jogo intenso de polo aquático com ambas as equipas a lutar até ao último segundo de cada jogada com todas as suas forças. Com a incerteza no resultado até ao final da partida, os alemães acabaram por vencer a mesma pela margem mínima e fruto de um erro crasso da arbitragem que mesmo para este tipo de torneio é inadmissível.
Apesar disso temos que dar os parabéns à nossa equipa pela excelente atitude demonstrada durante toda a partida.
Perdemos por 14 a 15 e os parciais foram os seguintes: 2-4; 2-3; 5-4 e 5-4.
Dos 14 golos marcados neste encontro pela nossa equipa, 13 foram apontados pelos seguintes atletas do CascaisWP: Manuel Augusto (9); Gonçalo Lousa (3) e Duarte Grego (1).
Paro o último jogo do torneio, que iria definir o 11º e 12º lugar, defrontámos a equipa das ilhas baleares - CA Sóller.
Excelente atitude da nossa selecção neste jogo. Com um primeiro parcial muito forte que permitiu rodar, nos parciais seguintes, toda a equipa e assim perceber a evolução de todos os atletas. Vencemos confortavelmente este jogo por 12 a 6 com os seguintes parciais: 5-1; 1-3; 4-2 e 2-0.
Dos 12 golos marcados neste encontro 8 deles pertenceram aos seguintes atletas do CascaisWP: Manuel Augusto (4); Gonçalo Lousa (1); Duarte Grego (1); Pedro Borges (1) e André Luz (1).
Portugal obteve assim um honroso 11º lugar num torneio que foi vencido pela equipa húngara do Ferencvaros TC.
Em termos de balanço podemos dizer que o principal objectivo foi atingido pois pretendia-se ganhar experiência internacional bem como avaliar a evolução e capacidade de aprendizagem de todos os atletas selecionados.
Para quem assistiu aos jogos da nossa selecção ficou percetível a qualidade dos nossos jogadores e capacidade de trabalho\aprendizagem dos mesmos.
Com trabalho e uma aposta em futuras concentrações/estágios nacionais podemos fazer mais e melhor.
Relativamente aos jogadores do CascaisWP estamos tremendamente orgulhosos pelas suas excelentes prestações durante todos os encontros!
Fomos a equipa com mais atletas convocados, o nosso atleta Manuel Augusto foi eleito capitão da selecção e não podemos ficar indiferentes ao facto de num total de 54 golos apontados pela nossa selecção, 47 deles tenham sido de atletas do CascaisWP.
Números e exibições dos nossos atletas que nos fazem, mais uma vez, afirmar a excelência de ensino praticado na escola de polo aquático do Cascais.

Parabéns Portugal! Parabéns CascaisWP!

sexta-feira, 29 de julho de 2016

CascaisWP: Época 2015/2016!

Depois de termos obtido na época 2014/2015 resultados fabulosos, onde conseguimos, em todos os nossos escalões de formação, estarmos presentes nas respetivas fases finais dos campeonatos nacionais trazendo para CASCAIS dois títulos nacionais (Sub15 & Sub17), dois títulos de vice-campeões (Sub13 & Sub19), vários campeonatos regionais, prémio para a melhor equipa 2015 do concelho de Cascais com os nossos Sub17 e uma presença, muito honrosa, com uma equipa feminina na fase final dos Sub15 femininos (primeira vez no clube) com algumas atletas que tinham começado nesta modalidade há cerca de 3 meses antes, deixou todos a pensar que iria ser muito difícil igualar o ano desportivo 2015/2016 com o mesmo êxito!
Este foi o pensamento com que iniciámos a época que agora terminou: “Fazer igual ao ano passado é praticamente impossível!”
Mas houve alguém que no jantar de Natal de 2015 do Cascais Water Polo disse: “É possível fazer melhor! Vamos trabalhar porque a qualidade está cá.”
Claro que muitos duvidaram….era legitimo!
Mas o importante era que alguém acreditava….


Com o decorrer da época, e com muito trabalho, as vitórias regionais foram aparecendo. A nível regional ninguém fez melhor que nós. Há que não ter problemas em assumir a nossa superioridade quando ela é factual e mais que comprovada. O trabalho e a qualidade permitem-nos afirmar, sem sombra de dúvidas, que fomos os melhores a nível regional.

Depois do apuramento, das nossas 5 equipas de formação para as fases finais dos campeonatos nacionais, chegaram os títulos de campeões regionais para esta época.
Fomos este ano: bicampeões regionais de Sub13; Hexacampeões de Sub15; Tricampeões de Sub17 e pela primeira vez na nossa história campeão regional de Sub19.
As nossas atletas, por falta de campeonato feminino a nível regional somente puderam marcar a presença, como equipa em extracompetição, nos campeonatos regionais de Sub13 e Sub15.



Finalmente chegou o grande momento, as fases finais dos campeonatos nacionais.
O primeiro, realizado nos dias 1,2 e 3 de julho foi o dos Sub13 Mistos.
A nossa equipa de cadetes mistos foi ao fluvial disputar, juntamente com mais 7 equipas, o título nacional.
Com um percurso notável em toda a fase final ganhámos todos os jogos disputados. Tivemos jogos difíceis contra grandes equipas, mas o espirito de equipa destes jovens e a reação bem madura, para estas idades a situações adversas durante os jogos só enalteceram a fibra, a garra e a união desta equipa.
Com toda a justiça e merecimento estes miúdos foram enormes e por isso mesmo o título nacional lhes assenta tão bem.


Nos dias 8,9 e 10 de julho, mais duas competições, se realizaram, em simultâneo: Os Sub15 M e as Sub16 F.

Os Sub15 masculinos, foram este ano, uma equipa totalmente renovada. A passagem de praticamente todos os atletas do ano anterior para a categoria superior deixou apenas um destes atletas para “comandar” os que se estreavam nesta categoria.

Uma equipa bastante jovem mas com ambições em brilhar nesta competição. Começaram bem os nossos miúdos ao entrar no nacional com uma vitória mas pelo caminho se percebeu que apesar da enorme qualidade dos nossos atletas, a falta de “peso” perante algumas equipas constituídas maioritariamente por Sub15 de último ano viria a ser crucial para o desfecho da nossa prestação. Fomos disputar o acesso à final do nacional com a equipa do Povoense, uma equipa muito forte mas a quem vendemos muito cara a derrota. O Povoense, que viria mais tarde a sagrar-se campeão nacional venceu-nos por apenas um golo de diferença. Neste jogo ficou visível toda a nossa qualidade. Um honroso quarto lugar nesta competição mas temos a certeza que esta equipa com mais um ano de trabalho pode dar outro tipo de alegrias!
“Nós acreditamos em vocês….Nós acreditamos em vocês….Nós acreditamos…Nós acreditamos em vocês!”


As nossas Sub16 femininas foram, pelo segundo ano, defender o nome de CASCAIS no campeonato nacional. No ano anterior e na sua estreia as expectativas não eram muitas pois apenas conseguimos reunir uma equipa com pouco tempo antes da competição se iniciar.
Este ano, a curiosidade era grande para ver estas mesmas atletas com mais um ano de trabalho em cima!
Entrámos neste nacional como a equipa que no ano anterior tinha perdido todos os jogos mas logo no primeiro jogo e contra a melhor equipa deste nacional e que viria a conquistar o título, demos logo uma imagem completamente diferente da dada no ano anterior. Perdemos o jogo de estreia contra o Gondomar, uma equipa fortíssima, que no ano anterior nos tinha ganho por mais de 17 golos de diferença. Este ano demos luta e perdemos por 7 a 3. Vários adeptos de outras equipas,  comentaram a nossa grande evolução no espaço de um ano. Desde já os parabéns aos atletas e apoiantes do Gondomar pela sua qualidade dentro e fora de água. Isto é desportivismo!
De seguida as nossas atletas venceram o Lousada por 11 a 3. No terceiro jogo e contra o Paredes empatamos a partida e lá tivemos que ir para a lotaria dos penaltis. Aqui o Paredes foi mais feliz.
No quarto jogo nova vitória por uns esclarecedores 8 a 2 contra o Fluvial. Por esta altura do campeonato já todos se tinham rendido à evolução mostrada pela nossa equipa quando comparada com o ano anterior.
No último jogo, se vencêssemos, seriamos vice-campeãs nacionais, mas tal não foi possível pois perdemos o jogo contra o Amarantus, equipa com mais experiência e com mais “peso” dentro de água.
Terminámos este nacional num honroso quarto lugar com 2 vitórias, 2 derrotas e um empate. Para quem nos viu jogar, sabe a pouco, mas ficou a garantia da evolução desta equipa e do magnífico trabalho desenvolvido nesta equipa.
A nossa atleta Beatriz Jardim foi considerada a jogadora mais valiosa desta final (MVP) e foi ainda escolhida para o sete ideal da competição.
Parabéns Beatriz!


Fim de semana seguinte, 15, 16 e 17 de julho: fase final Sub17.
Voltámos à piscina do fluvial quinze dias depois da conquista do título de Sub13, desta vez para a fase final de Sub17.
Coube-nos fazer parte do grupo da “morte”. Este grupo tinha: Vitória de Guimarães e Pacense, duas excelentes equipas e com grandes aspirações (legitimas) ao título de Sub17. A compor o ramalhete uma equipa muito bem orientada do Náutico de Coimbra que veio a revelar-se uma agradável surpresa e que desde logo se percebeu que tinha estofo para discutir o titulo!
Mesmo perante adversários tão valiosos, o CascaisWP esteve imaculado nesta fase final. Vitórias em todos os jogos por marcas expressivas, uma defesa de betão que não permitia muitos golos aos adversários.
Uma equipa unida e focada naquilo que era o seu objetivo: revalidar o título nacional deste escalão.
Depois de uma grande meia-final contra uma grande equipa – Coral de Reguengos – fomos para a final com a equipa da casa, o Fluvial.
Na final, um grande jogo da nossa equipa em que o adversário cedo percebeu a superioridade dos nossos atletas em todos os aspetos de jogo.
Vencemos justamente e sem nada a apontar. Revalidámos o título de Sub17 apenas com vitórias e ainda tivemos o MVP e o melhor marcador deste campeonato – Manuel Augusto. O nosso atleta Manuel Augusto foi ainda escolhido para o 7 ideal da competição.
Parabéns Manuel!
Um ano de ouro para estes miúdos que não conheceram uma única derrota durante toda a época!
Parabéns é dizer muito pouco! O vosso valor é impressionante!


Fim de semana seguinte, 22,23 e 24 de julho: fase final de Sub19.
Em Algés decorreu a fase final de Sub19, não com 8 equipas mas apenas com 4.
O CascaisWP nesta fase final iria defrontar o Algés (equipa da casa e organizadora da fase final) bem como o Fluvial, o campeão regional da zona norte e o Vitória de Guimarães, vice-campeão regional Norte e apurada pela fase intermédia.
As duas equipas do Norte com mais jogadores do escalão apresentavam outro peso relativamente à nossa equipa que apenas tinha 3 jogadores do escalão e todos os outros eram do escalão inferior, ou seja, sub17!
Mas esta diferença de “idade/peso” apenas se verificava no papel porque logo desde o primeiro jogo deste nacional e contra o Fluvial a maturidade dos nossos atletas ficou bem patente. Não demos hipóteses ao Fluvial e os nossos rapazes, mais uma vez com uma defesa de betão, conseguiram anular o adversário e ganhar tranquilamente o primeiro jogo.
No segundo jogo e novamente contra uma equipa de peso, o Vitória de Guimarães, mais uma demonstração que a maturidade e união de uma equipa não estão, necessariamente diretamente relacionados com mais idade! Nova vitória dos nossos atletas e mais uma vez sem “espinhas”.
Estas duas vitórias em outros tantos jogos deixou-nos logo com o acesso à final garantida e assim permitiu-nos gerir no último jogo contra a equipa da casa, o Algés. Perdemos este jogo mas deixámos 3 titulares indiscutíveis na bancada e mais uns quantos no banco.
Na final defrontámos novamente o Fluvial, que tinha vencido à tangente o Vitória no jogo anterior.
Embora neste jogo o adversário tenha dado uma maior réplica do que no jogo inaugural a nossa equipa esteve sempre por cima no jogo. No último parcial deste jogo e quando pela primeira vez o Fluvial chega à vantagem no jogo, 5 a 4, os nossos rapazes, num espirito de sacrifício de gente grande, marcam 3 golos de seguida deixando o adversário sem resposta nem condições para se erguer novamente.
Vencemos a final! Somos campeões nacionais de Sub19 pela primeira vez na história do clube.

Impossível não partilhar com todos vós as palavras de Miguel Borges, adepto do CascaisWP, ex-praticante (mas que ainda vai voltar a jogar…) e irmão de um atleta nosso: “Porra que Orgulho!!! Orgulho destes rapazes que se fizeram Homens e que tornaram meninos aqueles que se julgavam ser os verdadeiros homens! Todo o esforço, trabalho, dedicação e sacrifício são agora recompensados. Parabéns CAMPEÕES!”
Um ano de ouro para o CascaisWP. 5 Fases finais, 3 títulos de campeões nacionais!
Um ano de trabalho muito competente e pelo qual teremos sempre que agradecer aos nossos treinadores: José Augusto, Lajos Lorincz e Nuno Bessone Pereira!
Não nos podemos esquecer do grande trabalho, muitas vezes feito na retaguarda, da secção e mais concretamente ao Mário Direito e José Manuel Machado.
Aos pais e adeptos que nunca se cansaram de levar aos treinos, levar aos estágios, apoiar nos jogos e em todos os momentos. Vocês são uma força que mais ninguém tem.
Agradecemos todo o apoio da Câmara Municipal de Cascais, não podendo deixar de referir o apoio dos Senhores Vereadores Nuno Piteira Lopes e Frederico Almeida, do Diretor Municipal Dr. Miguel Arrobas e da Administradora da Cascais Envolvente Dra. Inês Seabra.
Foi com o apoio da Câmara Municipal de Cascais e da Cascais Envolvente que este projeto resultou e tão bons resultados alcançou.
Obrigado a todos! 

Estes títulos são de todos nós que acreditamos e apoiamos nas mais variadas formas.

Voltando um pouco ao início, é um privilégio ter alguém que acredita desde o primeiro minuto! Obrigado Lajos Lorincz. 
Obrigado CascaisWP por fazerem parte da vida dos meus filhos!


segunda-feira, 25 de julho de 2016

Campeões Nacionais Sub19 2015/2016!

Jogou-se este domingo, 24 de Julho, em Algés a final do campeonato nacional da categoria de sub19.
Nesta final encontraram-se o CascaisWP e o Fluvial.


Num grande jogo de pólo aquático as duas equipas entraram da mesma maneira: concentradas e com grandes preocupações defensivas.
Num jogo muito táctico o CascaisWP esteve ligeiramente por cima na partida e prova disso foi ter sido a primeira equipa a chegar ao golo.
O adversário, embora que por poucas vezes tenha incomodado o nosso guarda-redes, conseguiu o empate a uma bola.
Perto do final do parcial e depois de algumas ocasiões desperdiçadas pela nossa equipa, voltámos a marcar e vencemos este parcial por 2 a 1.


No segundo parcial, a partida esteve totalmente equilibrada em termos de resultado mas nada equilibrada em termos de oportunidades criadas: o CascaisWP criou neste parcial algumas oportunidades claras que se têm sido concretizadas deixavam a nossa equipa numa posição muito confortável no intervalo.
Não as concretizamos e deste modo terminamos este parcial empatado a uma bola.


Fomos para o intervalo a vencer pela margem mínima, ou seja 3 a 2.

O terceiro parcial foi muito marcado por algumas exclusões dos nossos jogadores. Deste modo o adversário teve algumas situações de superioridade numérica que aproveitou para concretizar, embora algumas delas tenham sido defendidas exemplarmente pela nossa equipa. Perdemos este parcial por 1 a 2 e com este resultado fomos com um empate a 4 bolas para o último parcial desta final.

No último parcial e com a partida empatada o CascaisWP entrou decidido a acabar da melhor maneira esta final. O adversário foi o primeiro a marcar neste parcial e deste modo levou colocou o Fluvial a vencer a partida por 5 a 4 mas ai da com muitos minutos por jogar. A partir do momento em que a nossa equipa sofreu este quinto golo fizemos da união força e partimos para o domínio da partida. Os minutos seguintes foram de um pólo exemplar da nossa equipa, muito forte a defender e com rápidos contra ataques que o adversário não conseguia parar. Golos de belo efeito surgiram neste parcial. Vencemos o parcial por 4 a 2.


No final uma vitória inteiramente merecida e com ela o titulo de campeão nacional na categoria de Sub19.
Depois de no ano passado termos sido vice-campeões este ano vencemos com inteira justiça este nacional.

Em termos individuais Manuel Augusto foi o melhor marcador da competição, mesmo com um jogo a menos por opção táctica!
Relativamente ao 7 ideal o CascaisWP colocou dois dos seus atletas: Manuel Augusto e João Graça.


Parabéns CascaisWP! Parabéns atletas e respectivo staff!
Obrigado à nossa claque que nunca deixou de puxar pelos nossos atletas!



Alinharam e marcaram pelo CWP: Clément Steffen, Duarte Grego (1), Tiago Gomes, Diogo Catarino, João Graça, Pedro Borges (3), Diogo Marques, Manuel Augusto (2), Gonçalo Lousa (2), Diogo Cardoso, André Luz, Sérgio Oliveira e Vasco Nazaré.
Treinadores: José Augusto/Lajos Lorincz
Delegado: Mário Direito.